O que esperar do Magic Leap One?

Em 2015, a Magic Leap lançou um vídeo conceitual demonstrando como funcionaria o seu headset de Realidade Mista Magic Leap (veja o vídeo). Depois de anos de suspense e um investimento de U$ 2 bilhões do Google, finalmente a espera acabou e o Magic Leap One foi lançado!

MagicLeap

Mas o que esperar?

Bom, primeiro é importante esclarecer que o Magic Leap se classifica na categoria de óculos de Realidade Mista (para entender a diferença entre Realidade Aumentada, Virtual e Mista, acesse este link), o que o coloca em concorrência direta com o Microsoft HoloLens. Ou seja, a Magic Leap vai ter que fazer bonito para enfrentar um concorrente de peso como a Microsoft, que inclusive já vem trabalhando na versão 2 do HoloLens.

is-what-tech-reviewers-think-magic-leap-one-after-spending-time-with-finished-product.1280x600

Hardware:

O Magic Leap One vem equipado com um chipset NVIDIA Tegra X2 de três núcleos (dois ARM A57 e um Denver) e uma GPU CUDA 256, o que pode trazer preocupações em relação à duração da bateria.

Preço:

O Magic Leap chega ao mercado com um preço bem salgado: U$ 2.295 (cerca de R$ 8.950,00) na cotação atual e por enquanto está disponível para apenas 6 cidades dos EUA: Chicago, Los Angeles, Miami, New York, Seattle e San Francisco.

Experiência de Uso (UX):

Parece que o Magic Leap ainda não resolveu o principal problema do HoloLens, que é a limitação do campo visual.

Entretanto, a interação entre os objetos parece incrível. O aparelho mapeia as superfícies do mundo real com precisão quase perfeita e gera uma malha (mesh) sobre cada parede, teto, móvel etc.

No app “create”, que acompanha o hardware, é possível brincar com cenários, dinossauros e outros personagens. O mais interessante é que cada objeto possui uma IA simplificada que permite que interajam entre sim e com o ambiente. Por exemplo, se você jogar comida perto e um animal, ele vai se deslocar até a comida e comer.

Os algoritmos de colisão também são tratados de forma inteligente, tomando o cuidado com a física. A resolução dos hologramas também chama bastante atenção.

Segue a seguir um vídeo demonstrando como é a experiência de uso no Magic Leap: https://www.youtube.com/watch?v=n0uhkLa5lBg

Aplicativos:

O óculos vem com poucos aplicativos instalados. E como é um produto recém lançado, ainda tem poucos aplicativos disponíveis. Nesse momento, o jeito é esperar a tecnologia se tornar mais madura e aguardar o desenvolvimento de novos aplicativos pelos desenvolvedores e empresas como nós. São muitas as possibilidades que tecnologias como essas trazem e certamente aplicativos incríveis surgirão em breve.

Flávio França é CEO e fundador da Media Glass, a pioneira no Brasil em aplicativos para Tecnologias Vestíveis. Flávio é também um dos primeiros Google Glass Explorers do Brasil e é palestrante em eventos de empreendedorismo e inovação.


Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *