As 10 Tecnologias da Próxima Década

 

Que o mundo de tecnologia está evoluindo cada vez mais rápido, isso já sabemos. Mas você já parou para pensar que o mundo que conhecemos vai ser completamente diferente na próxima década?

Especialistas de futurismo e inovação dizem que o mundo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que mudou nos últimos 100. Essa aceleração na adoção das mudanças e inovações se explica pelo fato de que hoje temos acesso praticamente instantâneo às inovações realizadas em qualquer parte do mundo, o que não era possível há décadas atrás.

Mas quais são as inovações que vão mudar tanto nossa vida na próxima década (2020 – 2029)? Separamos aqui algumas tecnologias que já fazem parte do presente e certamente vão bombar ainda mais na próxima década:

 

1) Inteligência Artificial

Muita gente confunde Inteligência Artificial com Robótica. A imagem que vem na nossa cabeça quando pensamos nesse termo é a dos filmes, em que convivemos com robôs inteligentes, como em AI Inteligência Artificial (2001) de Steven Spielberg, ou que os robôs vão exterminar a raça humana, como em O Exterminador do Futuro (1984), Matrix (1999) ou tantos outros.

Mas calma que não é nada disso. Inteligência Artificial não tem necessariamente ligação com robôs. Na realidade, Inteligência Artificial é um conceito bem mais antigo que a maioria das pessoas imagina. O termo foi cunhado em 1956 pelo próprio Alan Turing, inventor do computador.

Basicamente a Inteligência Artificial é a área que engloba toda e qualquer atividade que visa tornar “simular a inteligência humana” através de um software de computador. Dessa forma, a Inteligência Artificial visa elaborar formas de um software de computador executar determinadas atividades com mais eficiência que um ser humano.

Normalmente não paramos para pensar, mas de acordo com as definições acima, a maioria dos softwares que utilizamos hoje em dia utilizam Inteligência Artificial, desde uma simples calculadora, até um sistema bem mais complexo como o IBM Watson.

Atualmente, os conceitos que mais estão evoluindo dentro da área de Inteligência Artificial são: Aprendizado de Máquina (Machine Learning), Reconhecimento de Padrões e Inferência.

inteligencia

2) Internet das Coisas

A Internet das Coisas é basicamente nossa área de atuação. Consta em uma rede de objetos físicos que possuem tecnologia embarcada, sensores e conexão com a internet. Fazem parte dessa categoria os wearables (vestíveis) e demais objetos que possuem inteligência para processar informações e facilitar o dia-a-dia das pessoas.

Essa tecnologia vai mudar completamente nosso cotidiano. Não seria ótimo se nossa geladeira nos avisasse que o leite está acabando e enviasse um pedido diretamente para o supermercado? Ou então imagine que sua casa monitorasse sua localização via GPS e já acendesse a luz e destravasse o alarme quando você estiver se aproximando. Ou que você possa ligar a TV e o ar condicionado pelo celular.

Tudo isso é possível com a Internet das Coisas. Através do protocolo de internet chamado IPv6, cada objeto do nosso cotidiano poderá ser mapeado através de um endereço de internet. Isso vai possibilitar inúmeras aplicações que irão mudar completamente nossas vidas e nossos hábitos de consumo, trabalho e lazer.

Internet-das-coisas-concetando-devices-1000x675

3) Veículos Autônomos

Imagine não precisar mais dirigir ou sequer tirar carteira de motorista?

Pois é. A Google e a empresa Tesla Motors do empresário Elon Musk estão empenhando grandes avanços no desenvolvimento do carro que dirige sozinho, os chamados veículos autônomos.

Basicamente, os veículos são equipados com um conjunto de sensores e de sistemas de controle que o permitem tomar as decisões e executar ações de forma mais segura e confiável, identificando por exemplo, se existe outro veículo na faixa ao lado, ao redor ou se alguma pessoa está passando na frente do veículo. Dessa forma, o veículo realiza a condução automaticamente, bastando apenas que o usuário digite o destino no navegador de GPS.

Ainda que as pesquisas estejam adiantadas, até a presente data estes veículos ainda estão em testes e não estão disponíveis para uso geral.

Já parou para pensar como essa tecnologia poderá mudar nossos hábitos e até as profissões em um futuro próximo?

veiculos

4) Blockchain

Já ouviu falar em Blockchain?

Talvez não. Mas provavelmente você já deve ter ouvido falar Em Bitcoin, certo?

O Bitcoin é a moeda virtual (criptomoeda) mais conhecida no mundo. Mas a grande revolução por traz do Bitcoin está em uma única tecnologia: Blockchain. Trata-se de uma rede que visa à descentralização como medida de segurança.

Como funciona? Imagine que existe uma rede de computadores distribuída ao redor do mundo em que ninguém sabe exatamente a localização de todos os computadores e eles geram um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. É como um grande livro-caixa, mas de forma pública, compartilhada e universal. As transações são registradas em blocos que são processados em fila.

Cada “nó”, ou seja, cada computador, obtém uma cópia da blockchain após o ingresso na rede e tem a tarefa de validar e repassar transações. Assim, a blockchain possui a informação completa sobre endereços e saldos diretamente do bloco gênese (bloco inicial) até o bloco mais recentemente concluído.

Essa tecnologia não apenas permitiu o surgimento das criptomoedas (hoje existem mais de 1.600), como também tem o potencial de revolucionar por completo as transações de valores em todo mundo.

O potencial do Blockchain está ligado ao fato de a tecnologia ter conseguido finalmente adicionar um ingrediente que até então era considerado inviável na atual era da informação: confiança. Como todas as transações são validadas por todos os computadores da rede e todos eles possuem a cópia do Blockchain, o sistema é inviolável e totalmente à prova de fraudes.

Grandes corporações no mundo todo já estão estudando como utilizar Blockchain para transferências de valores, transações comerciais, assinatura de contratos (contratos inteligentes). Além disso, grandes bancos e empresas de cartão de crédito já estão aplicando Blockchain, como é o caso do Santander e da American Express.

Fique atento, pois as criptomoedas e o blockchain poderão estar mais presentes na sua vida do que você imagina na próxima década!

what-is-the-blockchain-and-why-is-it-so-important-990x594

5) Big Data

Big Data é um termo amplamente utilizado na atualidade para nomear conjuntos de dados muito grandes ou complexos, que os aplicativos tradicionais ainda não conseguem lidar.

Existe uma quantidade imensa de dados disponíveis hoje na internet e em diversos meios. Torna-se então praticamente inviável analisar ou filtrar esses dados de forma rápida. Mas em quais áreas é possível aplicar esse tipo de análise?

Um exemplo de aplicação muito comum de Big Data (provavelmente a mais comum) é o de mapear e entender o perfil e comportamento dos consumidores. Cada vez mais as empresas expandem sua análise de dados e adicionam outros dados vindos, por exemplo, das mídias sociais e navegadores para traçar o perfil dos clientes com mais precisão. Assim conseguem identificar gostos e exibir recomendações específicas para seus clientes.

Big Data também pode ser utilizado para entender e otimizar os processos de negócio, otimização de desempenho de atletas, analisar as variações de preço de ativos no mercado financeiro e comportamento de investidores etc. Enfim, praticamente em todas as áreas que envolvem um grande volume de dados, as tecnologia de Big Data podem ser aplicadas para identificar padrões e auxiliar na tomada de decisões.

Big-data-basics-for-tech-beginners-01-1263x560

6) Immersive Media

Essa é nossa área de atuação (junto com Internet das Coisas). O termo Immersive Media, também frequentemente chamado de X-Reality, compõe um grupo de tecnologias imersivas, como Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Realidade Mista.  Para entender a diferença entre essas três tecnologias, leia nosso post sobre o assunto:

http://blog.mediaglass.com.br/realidade-aumentada-virtual-e-mista-qual-e-a-diferenca/

Através de tecnologias como essas, o usuário pode ter experiências incríveis que podem ser aplicadas em diversas áreas tais como: Indústria, Logística, Saúde, Jogos, Mercado Imobiliário, Turismo e muitas outras.

As diferentes aplicações de Immersive Media nos permitem trazer a possibilidade de interação entre muito físico e virtual (em diferentes níveis de interação) e isso pode trazer mais eficiência para atividades operacionais e gerar experiências de entretenimento jamais pensadas antes. Essas tecnologias já estão revolucionando o mundo e forma com que interagimos com a tecnologia.

vr-realidade-virtual-jogo-game-05

7) Impressão 3D

Imagine imprimir uma casa inteira? Sim eu disse imprimir uma casa! Já imaginou?

E um órgão do corpo humano? Sim, é possível imprimir uma casa inteira utilizando Impressora 3D e até mesmo um órgão do corpo humano. Inclusive isso já foi feito!

A indústria vem utilizando Impressoras 3D para criar protótipos rápidos de produtos. Porém já existem casos de impressão de vários objetos complexos, como casas e órgãos humanos usando impressora 3D.

Conforme a impressão 3D evoluir mais é provável que as empresas passem a utilizá-la até mesmo para fabricar os produtos finais e não apenas um protótipo. Imagine o quanto isso iria baratear os custos de fabricação dos produtos e revolucionar por completo a produção industrial!

Impressora-3D

8) Assistentes Pessoais

Já viu a Assistente Pessoal Jarvis nos filmes do Homem de Ferro?

Pois é. Ela já é tecnicamente viável. Os assistentes pessoais aliam Reconhecimento de Voz ou de Texto em Linguagem Natural com Inteligência Artificial.

Aliás, nós já utilizamos atualmente várias assistentes pessoais, que reconhecem nossos comandos de voz e executam operações. É o caso da SIRI do IPhone, ou da Cortana da Microsoft. Os famosos chatbots, robôs de atendimento que nos ajudam por meio de inteligência artificial também podem ser classificados nesta categoria.

jarvis_india

9) Economia Colaborativa

Uber, AirBnB e Kickstarter. São apenas alguns exemplos de Startups que estão encabeçando essa nova grande tendência.

A nova conjuntura da economia mundial nos estimula a refletir sobre antigos hábitos e nos faz entender que diante dos problemas sociais e ambientais que se agravam, cada vez mais se torna importante dividir do que acumular bens.

A economia colaborativa não é propriamente uma tecnologia, é um conceito. E nesse conceito estão inclusas as chamadas Collaborative Tech, que incluem ferramentas de Crowdsourcing e Crowdfunding (financiamento coletivo).

economia-colaborativa10) Cidades Inteligentes

Cidades Inteligentes (Smart Cities) é uma combinação de várias tecnologias apresentadas aqui (como Internet das Coisas e Big Data) para criar condições de sustentabilidade e melhoria da qualidade de vida dos habitantes de um condomínio ou município.

Por exemplo, a cidade pode contar com câmeras para monitorar o trânsito, identificando onde tem maior e menor fluxo de veículos em quais horários, fornecendo dados para que a secretaria de trânsito tome as decisões pertinentes ou possuir sensores para reduzir o gasto desnecessário de recursos como água, luz e etc.

cidades-inteligentes

Flávio França é CEO e fundador da Media Glass, a pioneira no Brasil em aplicativos para Tecnologias Vestíveis. Flávio é também um dos primeiros Google Glass Explorers do Brasil e é palestrante em eventos de empreendedorismo e inovação.


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *